Arquivo para Polícia Federal - Daniele Barreto
14
março
2016
Divulgado depoimento de Lula na Polícia Federal

Boa noite a todos. Acaba de ser divulgado o depoimento do ex-presidente Lula na Polícia Federal.

Se trata daquele depoimento para o qual o petista foi conduzido coercitivamente, dia 04 de março. O depoimento ocorreu no aeroporto de Congonhas, na capital paulista, e durou mais de três horas. O ex-presidente negou as acusações feitas pelo Ministério Público Federal (MPF) e pela Polícia Federal no âmbito da Lava Jato. Também negou as acusações do Ministério Público de São Paulo sobre sua ligação com o triplex no Guarujá (processo que hoje foi encaminhado pela juíza estadual para Sérgio Moro – Justiça Federal).

E eu só tenho uma coisa a dizer para você: pegam o cara 6 horas da manhã em casa, fazem um estardalhaço, para isso? Ou a condução coercitiva foi realizada pela necessidade de ocasionar um um fato POLÍTICO (e não jurídico)?

Abaixo, segue o conteúdo do depoimento na íntegra.

DEPOIMENTO DE LULA NA POLÍCIA FEDERAL 

Diante do que já foi esclarecido, julguei boa parte do conteúdo desnecessário!

——————————————————————————————————

Já somos 778 inscritos no canal do Youtube! Já estou na expectativa de chegarmos aos 1.000. Se inscreva no canal Daniele Barreto – você recebe as notificações de novos vídeos por e-mail e assiste em primeira mão!

No canal, você encontra vídeos relacionados ao assunto desse post:

Me encontre nas redes sociais para conversarmos mais sobre política:

 Facebook | FanPage | Twitter | Instagram | Youtube


13
março
2016
Vídeo: Delcídio enganou a Lava Jato?

Oi, pessoal, tudo bem? Tudo certinho? Vocês já viram aqui o vídeo no qual falo da capa da revista Isto É com a delação premiada do senador e ex-líder do governo Delcídio do Amaral, hoje venho falar mais sobre o conteúdo, que não trouxe grandes novidades para as investigações.

No vídeo de hoje, converso com vocês sobre:

  • fora o caráter bombástico de um líder do governo falar contra esse governo, não houve conteúdo relevante publicado na revista;
  • o peso do cargo é a maior bomba;
  • o vazamento realizado por funcionários públicos do STF ou da AGU.

E só temos 3 opções:

  1. ou a delação é um blefe;
  2. ou a jornalista recebeu pouquíssimas informações (quem vazou deu só um gostinho);
  3. ou a jornalista não publicou tudo que recebeu.

Assista:

Daqui a pouco tem mais postagens! Aguardo vocês nas redes sociais!

 Me encontre nas redes sociais para conversarmos mais sobre política:

 Facebook | FanPage | Twitter | Instagram | Youtube


23
maio
2014
Comentário na rádio: Corrupção e ações da Polícia Federal
Oi, genteeeee,
Essa semana, no programa Opinião, da rádio 93FM, falei sobre a corrupção no Brasil – que retira do povo R$ 50 bilhões por ano – e das ações da Polícia Federal para fazer uma limpeza ética em alguns órgãos públicos.

Ouça comentário político completo: Corrupção e ações da Polícia Federal

 


27
maio
2013
Corrupção sem fim: quadrilha desviou milhões em licitações de obras públicas

Bom dia, amigosss!!!

Segundona de muita dedicação e trabalho! Em AGOSTO estarei lançando muitas novidades no blog e já estou com a mão na massa! Vocês vão adorar!!! :-)

Mas para começar a semana com um pouco mais de esperança no país, nada melhor do que ler essa matéria do site do Senador Álvaro Dias:

Corrupção sem fim: quadrilha desviou milhões em licitações de obras públicas

PF27Mais de 100 homens da Polícia Federal realizam nesta segunda-feira uma operação em três estados – Bahia, Espírito Santo e Minas Gerais – para cumprir 45 mandados judiciais, sendo 10 mandados de busca e apreensão, 21 mandados de sequestro de valores, bens móveis e imóveis e 14 mandados de prisão. Segundo a PF, quadrilhas formadas por empresários e servidores públicos desviavam dinheiro de licitações nesses estados. As apurações apontam um desvio que pode superar a quantia de R$ 5 milhões. A quadrilha operava com obras públicas em áreas diversas da construção civil, pavimentação de vias públicas, manutenção de estradas e de locação de máquinas para a limpeza urbana. Essas obras não eram sequer fiscalizadas e os servidores públicos envolvidos no esquema atestavam a sua conclusão mesmo quando incompletas ou inexistentes. As empresas investigadas emitiam notas fiscais frias sobre trabalhos, que em muitos casos sequer teriam sido executados. (Postado por Eduardo Mota – assessoria de imprensa)

É sempre bom ler uma matéria como essa e ver que TEM JEITO, SIM!!! E depende de cada um de nós, não fecharmos os olhos para a corrupção, não acharmos que todo político “é assim mesmo”, e cobrar dos órgãos competentes. Um dia, mais cedo ou mais tarde (esperamos que o quanto antes), quadrilhas que se formam em milhares de municípios pelo país serão descobertas e seus crimes (contra NÓS, contra nossas famílias, contra a saúde do povo brasileiro, contra a educação) punidos! E temos que manter essa chama da esperança acesa. Já vi muita coisa trabalhando na política, mas creio que não deixar o negativismo tomar conta é uma obrigação como cidadã! (leia mais…)