Arquivo para Lobão - Daniele Barreto
03
maio
2016
#BomDia! Romero Jucá, Edson Lobão e o fim dos movimentos sociais

#BomDia, pessoal.

Não tem sido fácil acompanhar esse tumultuado cenário político, né? Revistas vão se acumulando e o jornal de ontem já não nos serve os novos escândalos de hoje. Nesse ritmo, acompanhar a torrente de informações e os malabarismos de políticos e jornalistas para defender seus próprios interesses não têm sido tarefa das menos árduas.

E essa semana algumas notas na Revista Veja sobre os poderosos Temer, Romero Jucá e Edison Lobão chamaram atenção. Já tinha lido a reportagem de capa, mas não me debruçado o suficiente nos textos de alguns colunistas. E nessa manhã de chuva em Salvador, acordei cedo e resolvi compartilhar 3 notas com vocês para avaliarmos juntos.

DSC00668

Na coluna Radar, da Vera Magalhães, a publicação (uma das que mais têm encampado a retirada da presidente Dilma do poder) trás as dúvidas de Romero Jucá sobre qual o seu lugar e papel no governo Dilma, a traição de Edison Lobão à presidente e a intenção de Temer em acabar com os movimentos sociais.

DSC00666Romero Jucá e Edison Lobão são dois dos peemedebistas mais importantes e compõem a linha de frente das negociações de Michel Temer – que entrará para a história como o vice-presidente mais sórdido e oportunista do país.

DSC00647

Romero Jucá é do PMDB de Roraima, um dos estados com quase todos os municípios de baixo para muito baixo IDH. Aliás, impressionante como alguns estados do Norte do país, embora contem com alguns dos mais poderosos políticos do cenário nacional, esse prestígio não se reverte em desenvolvimento e benefícios para o povo.

Jucá foi líder do governo de Fernando Henrique Cardoso, do governo Lula, de Dilma e se colocou como um dos mais bravos guerreiros em prol de tirar a presidente de sua cadeira a força. Nos bastidores, agiu cooptando lideranças, distribuindo cargos e aquinhoando promessas de ministérios e superintendências.

Viraria piada, aceitando ser líder mais uma vez, se não fosse inteligente e articulado o suficiente para ninguém rir de suas tramoias que, em regra, terminam com o povo pagando o pato.

Ignorando que se trata de um dos maiores envolvidos na operação Lava Jato e outros escândalos, posa de moralizador ao lado dos que articulam a queda de uma presidente. Enquanto isso, o povo aplaude a tomada do poder por esse tipo de gente.

DSC00651

Edison Lobão é apadrinhado político de Sarney, com quem aprendeu tudo: de fazer política a fazer dinheiro.

É veterano de escândalos e escandalizou os petistas mais radicais quando teve seu nome indicado pela Dilma para tomar conta do galinheiro: o Ministério de Minas e Energia. E foi tomando conta das galinhas que o lobo recebeu propina para a construção da usina Angra 3, conforme Moro apurou nas investigações da Operação Lava Jato.A Polícia Federal já realizou buscas em sua mansão. Mas o lobão mostra que, no Brasil, o crime compensa e a recompensa pode ser (mais) um pomposo (e recheado de dinheiro) ministério.

DSC00657

Mas, para a conta dos lobos travestidos de cordeiros fechar, vai ser necessário que o dinheiro saia de algum lugar, né?

Vai sair das políticas públicas e dos movimentos sociais. Criminalizados pela direita, pelo empresariado e odiado por quem gosta de manipular recontando a história de um Brasil que pouco conhece a si mesmo, os movimentos sociais ainda são um respiro na luta de um povo que não conhece seus direitos, que recebe uma educação de péssima qualidade e alienante e que não sabe o significado de educação política. Diante de tão caótico cenário, se manifestam como a possibilidade real de discutir política num país onde os partidos políticos que agora tomam o poder não investem em militância, estrangulam o orçamento das ações sociais e matam qualquer sonho de jovens competentes a ingressarem na política partidária.

Nos próximos meses, sairão de cena os movimentos sociais e entrarão em cena os que sempre comandaram os bastidores da corrupção no país.

E o povo vai pagando para ver!

———————————————–

Me encontre nas redes sociais para conversarmos mais sobre política:

 Facebook | FanPage | Twitter | Instagram | Youtube