Arquivo para Lava-Jato - Daniele Barreto
25
julho
2016
Acorda pra Política: Juiz Sérgio Moro

Oi, pessoal! Bom dia!!!

Estou em Macapá essa semana, e vocês bem sabem o quanto amo essa terra, né?

DSC01702

DSC01706 DSC01707

Vamos começar o dia hoje com mais um vídeo de nossa série “Acorda pra Política” – na qual a gente acorda cedinho para ler jornais e revistas juntos.

DSC01718

No vídeo de hoje, falo sobre a biografia do juiz Sérgio Moro e a relação do Ministério Público Federal e Polícia Federal com a Operação Lava Jato.

Vem ver 

——————————————————– 

Acompanhe os vídeos sobre política no Youtube. Já somos mais de 1.370 amigos, juntos no Youtube, discutindo sobre política e lutando por um país melhor. Se una a nós.

——————————————————– 

Me encontre nas redes sociais para conversarmos mais sobre política:

 Facebook | FanPage | Twitter | Instagram | Youtube


28
abril
2016
17 novos denunciados na Operação Lava Jato – 23ª e 26ª fases

logo operação lava jato blog

Aí, pessoal, os procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato acabaram de apresentar 20 denúncias contra 17 investigados no processo de corrupção envolvendo a Petrobras – o Petrolão – na 23ª e 26ª fases, denominadas de Acarajé e Xepa, respectivamente. Alguns deles já condenados, são nomes repetidos, cuja atuação no propinoduto já é conhecida. Pelo andar das investigações, o juiz Sergio Moro aceitará as denúncias.

23ª fase:

A 23ª investigou pagamentos feitos ao marqueteiro de campanhas do Partido dos Trabalhadores (PT) João Santana.

26ª fase:

A 26ª fase, apurou a suspeita de que a empreiteira Odebrecht possuía um departamento exclusivamente com a responsabilidade de fazer pagamentos de propina, concedendo vantagens indevidas a servidores públicos.

Veja os denunciados:

1) Zwi Skornicki
2) Pedro José Barusco Filho
3) Renato de Souza Duque
4) Monica Regina Cunha Moura
5) Joao Cerqueira de Santana Filho
6) João Vaccari Neto
7) José Carlos de Medeiros Ferraz
8) Eduardo Costa Vaz Musa
9) Marcelo Bahia Odebrecht
10) Hilberto Mascarenhas Alves da Silva Filho
11) Luiz Eduardo da Rocha Soares
12) Fernando Migliaccio da Silva
13) Maria Lucia Guimarães Tavares
14) Angela Palmeira Ferreira
15) Isaias Ubiraci Chaves Santos
16) Lívio Rodrigues Junior
17) Marcelo Rodrigues

——————————————————–

Me encontre nas redes sociais para conversarmos mais sobre política:

 Facebook | FanPage | Twitter | Instagram | Youtube


13
abril
2016
Vídeo: Dilma interfere na Lava Jato?

Em meio a tantas notícias ruins, vamos falar de algo positivo do governo.

Muito tem se falado sobre a possibilidade da presidente Dilma interferir em uma das mais consolidadas instituições do nosso país, o Ministério Público. Mas será que no grau de amadurecimento democrático que temos hoje seria possível a interferência da presidente nessa instituição?

Quem responde é o procurador integrante da força-tarefa da Lava Jato, que informa:

“Boa parte da independência atual do Ministério Público, da capacidade técnica da Polícia Federal decorre de uma não intervenção do poder político, fato que tem que ser reconhecido. Os governos anteriores mantinham o controle das instituições, mas esperamos que isso esteja superado.”

E mais:

“Aqui temos um ponto positivo que os governos investigados do PT têm a seu favor. Quero quer que nenhum governo no Brasil signifique alterações de rumo no Ministério Público, no Judiciário, na Polícia federal. Queremos simplesmente que as instituições continuem livres para continuar a fazer o que a lei exige delas.”

No vídeo, opino sobre as declarações do procurador:

Créditos: Blusa – Renner / Brinco e anéis – Feranda / lojas são do Shopping Salvador

——————————————————–

Uhulllll!!!! Já somos 1.031 inscritos no canal do Youtube! Rumo aos 5.000 juntos. Divulgue, compartilhe, curta, avise aos amigos… Vamos difundir informação jurídica para mais pessoas. Se inscreva no canal Daniele Barreto – você recebe as notificações de novos vídeos por e-mail e assiste em primeira mão!

——————————————————–

Dos dias 15 a 18 de abril, vou fazer uma cobertura especial de tudo que envolve o processo de impeachment na Câmara dos Deputados. Se inscreva no canal do Youtube para acompanhar e aproveite para enviar os vídeos para seus amigos. Politize-se!

——————————————————– 

Me encontre nas redes sociais para conversarmos mais sobre política:

 Facebook | FanPage | Twitter | Instagram | Youtube


13
março
2016
Vídeo: Delcídio enganou a Lava Jato?

Oi, pessoal, tudo bem? Tudo certinho? Vocês já viram aqui o vídeo no qual falo da capa da revista Isto É com a delação premiada do senador e ex-líder do governo Delcídio do Amaral, hoje venho falar mais sobre o conteúdo, que não trouxe grandes novidades para as investigações.

No vídeo de hoje, converso com vocês sobre:

  • fora o caráter bombástico de um líder do governo falar contra esse governo, não houve conteúdo relevante publicado na revista;
  • o peso do cargo é a maior bomba;
  • o vazamento realizado por funcionários públicos do STF ou da AGU.

E só temos 3 opções:

  1. ou a delação é um blefe;
  2. ou a jornalista recebeu pouquíssimas informações (quem vazou deu só um gostinho);
  3. ou a jornalista não publicou tudo que recebeu.

Assista:

Daqui a pouco tem mais postagens! Aguardo vocês nas redes sociais!

 Me encontre nas redes sociais para conversarmos mais sobre política:

 Facebook | FanPage | Twitter | Instagram | Youtube


22
fevereiro
2016
Bom dia, João Santana!

Bom dia!!!

Hoje cedinho começamos com um post aqui no blog sobre o batom líquido 5, da Vult, que amo! <3 Como já comentei com vocês, vamos intercalar análises políticas com mais informações sobre meu dia a dia e estilo de vida. Mas chegou a hora de começarmos a falar de política nesse segunda-feira agitada em Brasília.

Feminismo em alta

Já começo contando minha alegria em acordar e, ao acessar o Twitter, ver que a hastag #SouFeministaPq está nos TT´s. Comentei no vídeo que publiquei para vocês sábado sobre o assédio sexual nos órgãos públicos, que 2016 será o ano do feminismo, no qual falaremos mais aberta e incisivamente sobre o tema empoderando mulheres e discutindo relações de poder e machismo. No final do dia, volto para conversarmos sobre alguns dos temas abordados pelos internautas, ok?

O meu com pimenta, por favor

E vamos a mais uma notícia boa (já que isso é raro no cenário político brasileiro): 6 horas da manhã, a Polícia Federal deflagou a Operação Acarajé – que, pelo nome, não precisa ser gênio para saber que vai alcançar muitos políticos baianos. Um deles é o publicitário baiano João Santana, que teve expedido um mandado de prisão temporária. Ele foi o marqueteiro das campanhas da presidente Dilma Rousseff (2010 e 2014) e da campanha da reeleição do ex-presidente Lula, em 2006. Segundo as investigações, João foi pago pelo seu trabalho com dinheiro público, recursos oriundos de propina da Petrobras. O nome dessa etapa da Operação Lava-Jato – Acarajé – foi escolhida pelo dato dos suspeitos se referir dessa forma ao dinheiro irregular. A esposa de Santana também teve a prisão decretada e ambos encontram-se na República Dominicana.

Essa é a etapa da operação que mais pode comprometer a eleição de Dilma e que, realmente, começa a se aproximar da presidente.

(ainda hoje gravo vídeo para vocês explicando melhor a operação, ok?)

Tensão no Planalto

A Operação Acarajé deixa Dilma e Lula amedrontados, por que as contas da campanha da presidente já estão sendo investigadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (ação movida pelo PSDB), e a decretação da prisão de João fornece subsídios para o processo contra Dilma. Mas vale lembrar que até agora os investigadores não informaram com precisão sobre quais campanhas o João recebeu dinheiro ilegal no exterior. O valor totaliza 7 milhões DE DÓLARES.

Preso, mas recebendo dinheiro público

Ah, lembrando que na última sexta-feira o Senador Delcídio do Amaral foi solto, e como o Senado retoma os trabalhos essa semana, o petista mais tucano das galáxias poderá retornar à atividade parlamentar. A prisão preventiva dele foi decretada por que o senador estava tentando atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato, mas foi revogada pelo STF após 3 meses. Imagino o constrangimento de um parlamentar em subir na Tribuna sendo acusado de crimes e tendo passado uma temporada na cadeia.

Na verdade, constrangimento para nós, por que seus pares (muitos envolvidos em desvios de dinheiro público e desvios morais tão graves quanto) não se constrangeram em cumprimentá-lo, defendê-lo e solidarizar-se pela suas férias na cadeia.

Aguardo vocês nas redes sociais!!!

 Me encontre nas redes sociais para conversarmos mais sobre política:

 Facebook | FanPage | Twitter | Instagram | Youtube


14
setembro
2015
Vídeo – 5 Minutos de Política: Por que Cunha agiu tão rápido no 1º semestre de 2015?

Oi, pessoal! Tudo bem?

Final de semana de sol em Salvador, mas não rolou praia para mim não! hahaha Bem que eu queria, mas tenho prioridades, e uma delas (e principal, hoje) é transformar o blog em nosso maior canal de discussão política com qualidade, informação e imparcialidade. Fico feliz a cada mensagem nas redes sociais e cada vez que alguém me escreve ou me diz “passei a gostar de política lendo o que você escreve”. Uhuul!

Mas claro que segundos depois da explosão de alegria vem a indisfarçável sensação de responsabilidade redobrada. Assim como vocês confiam em mim, busco sempre dar o máximo e venho construindo outros projetos para nosso blog e canal do Youtube. Um deles, que aproveitei o findi pra me debruçar mais é uma série de vídeos (15 vídeos) fazendo toda a radiografia do Congresso. Siiiim!!!! Ninguém nunca fez isso por você, mas eu faço! rsrsrs #DaniFofa É uma web série inédita aqui no Brasil!

Baseada em algumas leituras e estudos, resolvi construir essa série no canal do Youtube, com toda a radiografia da composição das Casas Legislativas Federais. Você terá, em vídeos 15 vídeos de 15 minutos, todo o diagnóstico do Congresso Nacional, por exemplo: número de partidos políticos com representação, formação das bancadas, maiores e mais influentes bancadas, parlamentares mais ativos, participação da mulher na política, dados comparativos de outras legislaturas etc. Serão ofertadas a vocês não só a informação, mas a análise política dos dados.

Estou animadíssima com a web série, gravando e editando tudo com o maior carinho para cada um de vocês. Vai ser tão importante conversarmos mais sobre a composição na Câmara dos Deputados, para que possamos apreender os caminhos que o Brasil seguirá nos próximos anos.

Mas aproveitando a animação do projeto novo aqui no blog, vamos antecipar nosso vídeo de hoje do “5 Minutos de Política”.

Sim, sei que o ministro Levy está – nesse momento – se pronunciando acerca de reajustes, só que nosso programa de hoje não será sobre esse tema. Como gravei mais cedo, antes das decisões do governo serem tornadas públicas, nosso vídeo terá outro assunto: Eduardo Cunha, Janot, denúncias e o PT. Vamos lá?

Assista o vídeo:

[ lembrando  que o “5 Minutos de Política” vai ao ar todo dia às 20h, no Youtube ]

Mande também sugestões para vídeo do nosso web programa “5 Minutos de Política”, ok? :-)

Me encontre nas redes sociais para conversarmos sobre os acontecimentos políticos do país diariamente:

 Facebook | FanPage | Twitter | Instagram


04
março
2015
“A lista óbvia de Janot” – Transcrição do comentário político de hoje

Boa noite, galera!!!

Toda quarta-feira temos nosso comentário políticos na rádio 93 FM. E mal o programa terminou (hahaha) já corri aqui para contar qual foi nosso assunto discutido hoje – para que possamos ampliar o debate sobre o tema. Falei da lista do Procurador Geral da República, Rodrigo Janot!

Leia a transcrição do comentário de hoje e mande sua opinião:

Boa noite, Marconi, Cláudio e Marcelo Oliveira.

Boa noite, ouvintes do Programa Opinião.

Ontem, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot,  apresentou ao Supremo Tribunal Federal pedidos de abertura de inquérito para investigar vários políticos suspeitos de envolvimento no esquema de corrupção na Petrobras. São 54 pessoas: senadores, deputados e ministros de Estado. A participação deles foi revelada nas delações premiadas de dois dos maiores criminosos confessos do país: Paulo Roberto Costa (ex-diretor de Abastecimento da Petrobras) e Alberto Youssef, que de Brasília a Alagoinhas, parece que manda em tudo que diz respeito a dinheiro público nesse país, e tem muitos aliados, sócios e amores no meio político.

Os dois firmaram acordo com o Ministério Público Federal para colaborar com as investigações. E baseado nisso, Rodrigo Janot já solicitou quebra de sigilos bancário e fiscal dos políticos.

Ocorre, Cláudio, Marconi, ouvintes da 93 FM, que temos que avaliar duas questões:

A primeira não podemos criar expectativas acerca de um julgamento desses políticos pelo STF, porque senão vamos nos frustrar. O STF não tem por hábito punir políticos e o Mensalão foi uma exceção na sua história. Mas como a investigação do Procurador Geral é uma das mais profundas, uma das que mais dissecou os bastidores da política brasileira, que ela nos sirva de exemplo e lição, para compreendermos nosso país e buscarmos votar melhor e expurgar esses nomes da política brasileira. Se esperarmos que o STF faça nosso papel na limpeza da corrupção, vamos ficar a ver navios.

A segunda questão é que a lista do Procurador trará nomes óbvios. Muito óbvios. É se enganar achar que o Procurador descobriu algo que nós já não soubéssemos. A lista ainda não foi divulgada na sua totalidade, mas constará dela nossos velos conhecidos bandidos de sempre. 

Os presidentes das duas Casas do Congresso estão na lista. E porque será que ninguém ficou admirado com isso, né? Renan Callheiros, um velho conhecido nosso, que pagava pensão para amante com dinheiro público, entregue em mãos por um lobista e empresário. E Eduardo Cunha cuja vasta lista de inquéritos que já respondeu não pode ser citada por mim porque não daria tempo aqui no programa, Marcelo.

Só que o mais impressionante é que nenhum dos dois pareceu ofendido com a revelação, claro, porque sempre souberam que mais dia menos dia seriam citados. E outra: ambos estão chateadinhos com o governo, como se o fato do nome constar na lista fosse obra do governo Dilma. E não é. Eles constam na lista do Procurador por atitudes pessoais relacionadas ao recebimento de dinheiro de empresas investigadas.

Isso nada tem a ver com perseguição do governo ao PMDB, até porque ninguém está mais envolvido nessa história até o pescoço do que o próprio governo.

Daniele Barreto para o Programa Opinião.

Aguardo vocês nas redes sociais!!!

Me encontre nas redes sociais para conversarmos mais sobre política:

 Facebook | FanPage | Twitter | Instagram