Arquivo para Internet - Daniele Barreto
09
outubro
2013
Dany Barreto Entrevista… o deputado federal Cândido Vaccarezza

Hoje no “Dany Barreto Entrevista” conversamos com o deputado federal Cândido Vaccarezza, do PT de São Paulo, um dos maiores articuladores do partido e coordenador do Grupo de Trabalho da Reforma Política.  É considerado o um dos políticos mais influentes do Congresso Nacional, conforme atesta pesquisa feita pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar, figura na lista dos “melhores deputados” do Prêmio Congresso em Foco, foi líder do governo na Câmara, sendo responsável por viabilizar os planos Brasil sem Miséria e Brasil Maior, a política de aumento real do salário mínimo, o Super Simples Nacional, o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego – Pronatec, o Fundo de Previdência Complementar dos Servidores Públicos (Funpresp), o marco civil da internet e a prorrogação da Desvinculação de Receitas da União (DRU). Fundador do PT, já exerceu diversos cargos na direção nacional e estadual.

 

* Militância e trajetória política

Colunista: Deputado, você é baiano e médico, tendo se mudado para São Paulo para fazer residência. Como se deu o ingresso na política na capital paulista?

Vaccarezza: Quando vim para SP eu já era filiado ao PT, pela Bahia. Fui eleito pelo primeiro diretório regional do PT Baiano, mas renunciei porque me mudei. Vim completar o estudo de medicina. Transferi o titulo em 1983.

Colunista: E como você, que um dia protagonizou a re-fundação da UNE – em uma época em que a instituição realizava movimentos importantes – vê hoje a cooptação desta pelo governo federal, se transformando em apenas mais um braço do estado aparelhado?

Vaccarezza: Eu não concordo que a UNE esteja aparelhada pelo governo federal. A diretoria tem tido independência. Na divisão dos royalties, por exemplo, a posição da UNE é uma e do governo é outra.

* Reforma Política e Movimentos

Colunista: Deputado, após as inúmeras manifestações populares, pelo fim da corrupção e por melhor prestação de serviços públicos, o Planalto resolveu realizar uma reforma política. Você acha que este é realmente o clamor das ruas, foi isso que levou milhares de pessoas a se manifestarem por todo o país?

Vaccarezza: Não acho que as ruas pediam uma reforma política, o que dá pra afirmar que existiu um forte clamor na rua: manifestação contra a corrupção, contra o aumento das tarifas de transporte e pela melhoria de qualidade dos serviços públicos quando se dizia padrão Fifa. Ao lado disso, manifestação contra políticos e contra todos os partidos – do Psol ao DEM. Interpretar clamor das ruas como alguns políticos tem feito é tentar colocar nos movimentos bandeiras que não fizeram parte. Acho que existe muita instrumentalização na interpretação do movimentos este ano. (leia mais…)


25
fevereiro
2013
Moradora de Juazeiro denuncia situação da antena da OI

Olá, amigos,

convido-os a ler a carta minha colega de faculdade a bacharela e servidora pública Jacqueline da Cunha Benevides escreveu sobre a inaceitável situação da instalação de uma antena da OI no município de Juazeiro.

Beijos, Boa leitura & Politize-se!

MORADORA DO CENTENÁRIO DENUNCIA NO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL CONTRA ANTENA DE CELULAR DA OI
SEGUNDA-FEIRA – 25/02/2013 ÀS 12:30

Sou moradora do bairro Centenário há 28 anos e apresentei uma representação no MPF assinada juntamente com 200 moradores do bairro contra esta antena de celular que o vereador José Carlos Medeiros mencionou na sessão ordinária da Câmara.

O terreno locado para a instalação da antena fica nos fundos da minha casa, a poucos metros do meu quarto e o outro muro do terreno corresponde à parede dos cômodos da casa de outra vizinha, parede esta que já está rachando em função das obras.

Segundo informações dos próprios funcionários da terceirizada Clemar, que está realizando as obras de instalação, a antena terá 40 metros de altura. (leia mais…)