Arquivo para É Seu Direito - Daniele Barreto
23
abril
2015
É Seu Direito: Alto índice de jovens negros mortos é genocídio

Olá, pessoal,

Tô aqui, na madrugada dessa quinta-feira acessando o site da Câmara dos Deputados e separando algumas matérias cujas discussões vou levantar aqui no blog durante o dia. E para nossa sessão É Seu Direito de hoje, trago uma matéria sobre a Audiência Pública que ocorreu na Comissão de Direitos Humanos sobre a violência contra a juventude negra. (leia AQUI o último texto do “É Seu Direito” sobre a PEC da demarcação de terras indígenas)

Ontem (quarta-feira, 22), em debate na Câmara, por iniciativa da Comissão de Direitos Humanos e Minorias, autoridades, religiosos e artistas questionaram a atuação do Estado, criticaram a violência policial e denunciaram o que chamam de “genocídio” da juventude negra.

img20150422155425724204MED

Foto de Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O debate foi as focado na situação do Distrito Federal e entorno, mas a questão principal- mortes de jovens negros – pode ser abrangida para todo os estados do país. Segundo os debatedores, a polícia age de forma diferente em comunidades periféricas, o que denuncia a discriminação contra os negros.

“Existe, no Brasil, um genocídio da juventude negra. Os dados são gravíssimos. Morrem mais jovens negros no Brasil do que o total de mortes em conflitos armados de qualquer país do mundo”, deputado Orlando Silva (PCdoB-SP)

Vou levantar alguns tópicos que li na matéria sobre a Audiência Pública:

  • Prevenção

Para os participantes, é necessário que se adotem medidas para prevenir as mortes na periferia causadas por ações do Estado, que deve preparar melhor seus agentes.

  • Preconceito

Os negros ao a maioria as vítimas de assassinatos, mas para um dos debatedores, o deputado Major Olimpio (PDT-SP), a culpa não é da polícia. E completou que é necessário defender o bom policial – maioria esmagadora.

  • Repressão

Se discutiu que o Estado é racista e sustenta a ideia do “genocídio” – tendo um braço armado que o executa, tendo como principal vítima o jovem negro, que é mais está vulnerável (4 X mais do que o jovem não negro).

Hoje, os homicídios são a principal causa de morte de jovens de 15 a 29 anos no Brasil. Dos mais de 55 mil homicídios, quase 80% foram de negros.

  • Ampliação do debate

Paulo Pimenta (PT-RS) – presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara – quer estender o debate a outros estados brasileiros.

Foi criada na Câmara, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Violência contra Jovens Negros. (vou escrever outros posts aqui sobre isso, mas já podemos ampliar o debate com os vídeos sobre o “Populismo Penal e a redução da maioridade penal” e “5 Motivos para ser contra a redução da maioridade“). Esse será tema recorrente em nossos diálogos por aqui, não se pode continuar indiferente a essa barbárie.

(texto com base na matéria do Thyago Marcel)

Acompanhe nossos posts “É Seu Direito“:

Fique ligado no blog porque no horário de almoço devo conseguir um tempinho para trazer um texto sobre a diminuição do número de ministérios e vamos falar também sobre o aumento do Fundo Partidário (e a relação com o momento de crise política no país).

Me encontre nas redes sociais para conversarmos sobre os acontecimentos políticos do país diariamente:

 Facebook | FanPage | Twitter | Instagram