Arquivo para Cultura - Daniele Barreto
04
março
2017
Look de Carnaval da Riachuelo, Macapá

Esse ano passei o Carnaval em Macapá (Amapá), como vocês sabem, e foram dias de estudo e preparação de todo o material que vocês vão ver a partir de agora no blog, youtube e no canal da Escola Politizar. Nenhum dia de folia momesca fora de casa, mas acompanhei os desfiles das escolas de samba pela TV e trabalhei muito para, nessa nova fase, trazer bastante material legal para vocês.

Confesso que estou super animada!!!

E deu tempo fotografar um look fresh de verão (aqui é inverno, pois estamos acima da linha do Equador), para mostrar pra vocês. E hoje vamos a uma dica de look Riachuelo.

6

Usei essa roupa para conhecer a APA de Curiaú (vou contar mais tarde como foi a viagem até a Área de Proteção Ambiental) e aproveitei para fotografar mais detalhes para o blog. O short é da coleção “destroyed” da Riachuelo e lindo.

3 1

Eu combinei com uma blusinha colorida da marca, com predominância da cor rosa. Look novamente com a sapatilha geográfica rosa que já mostrei em detalhes aqui no blog para vocês.

7

Combinei com um brinco que estava à venda no Complexo do Marco Zero (aquele brinco que já contei aqui que ganhei quando comentei com o vendedor que sou nascida em Alagoinhas, Ba, e ele disse que a mãe também e não me deixou pagar pela compra hahaha). Sempre que viajo, procuro comprar artesanato local, principalmente acessórios que possa usar no dia a dia. Esse brinco é feito por artesãs de do interior de Macapá e já usei várias vezes para ir para a praia em Salvador. #amei :-)

7 8;

Não posso deixar de ressaltar o colorido incrível, super vivo, da blusa da Riachuelo!

9

 

Aguardo vocês nas redes sociais!!!

EU INDICO:

— Curso Online de Maquiagem —

Fiquei de comentar mais sobre meu interesse por maquiagem, né? Pois bem! Já falei com vocês que sempre fui muito monocromática nas maquiagens, e que de 2016 para cá tenho ousado mais e me interessado por cores que valorizam. Para quem, como eu, está iniciando na arte dos pincéis e esponjinhas de make, e para quem já tem muita habilidade e quer aprimorar, indico o Curso de Maquiagem da Juliana Góes, que é online (você pode fazer pelo computador, aí na sua casa), e está com um preço bacana – o que é excelente nesse momento de crise econômica no país, né? O curso é super seguro e eu recomento, se inscreva agora AQUI.

Onde compro minhas maquiagens com desconto —

Ah, se você, como eu, AMA maquiagens, vou deixar a dica do SUBMARINO que entrega em todo o Brasil e sempre tem super promoções. Selecionei essa especialmente para você que acompanha o blog, clicando SUBMARINO. Compro todos os meus batons da VULT no Submarino, com desconto!

Temos um desafio para março: chegarmos juntos em 5.000 inscritos no canal do youtube. Então, acesse agora o canal e se inscreva para fazer parte da nossa comunidade! Mande sugestões de vídeos.

Me encontre nas redes sociais para conversarmos:

 Facebook | FanPage | Twitter | Instagram


13
novembro
2016
Viagem ao Amapá: mercado Igarapé das Mulheres e porto

Vamos a mais um post sobre a viagem ao Amapá. :-) Já coloquei vários posts contando sobre lugares incríveis que conheci: Balneário da Fazendinha, cultura, política, geografia, parto humanitário (parteiras), Orquestra na Floresta, Fortaleza, Porto de Santana, Fortaleza de São José, Rio Amazonas, Trapiche Eliezer Levy etc. Hoje vamos falar do Porto de Macapá e do Mercado de Pescado Igarapé das Mulheres. Quem ficam localizados após o Trapiche Eliezer Levy, depois da Praça dos Coqueiros. Aproveitei a vigem para conhecer novos lugares (mesmo já tendo ido umas 5 vezes a Macapá, nessa viagem conheci lugares incríveis) e vou passar mais algumas informações sobre geografia, história e cultura do local.

O Porto de Macapá fica próximo ao centro da cidade. A vista é linda “por motivos de” (rsrs): margear o Rio Amazonas não é para qualquer cidade. Lindo ver os barcos e a forma peculiar de se locomover (lembrando que boa parte dos municípios do estado do Amapá possuem ligação com a capital através de barcos). Fico fascinada com a disposição dos barcos, as redes, roupas, frutas! É um cenário lindo de viver!!! Fiquei horas encantada olhando e sorvendo cada detalhe!

Mas o local não é limpo e dá uma ideia de abandono ao turista. Esse é um ponto super negativo! Eu fiquei encantada porque tenho um outro olhar para a cidade, mas acredito que nem todo mundo caminha com segurança e nem acha tão bacana fazer um passeio margeando tanto lixo. Sem falar que gera um incômodo saber que o povo trabalhador e digno que se encontra ali em suas embarcações poderia estar vivendo e laborando num local bem mais digno, bastava a prefeitura realizar a limpeza com constância.

2 (1)

O porto é importante para a capital por interligar a municípios do interior. É a forma de locomoção de muitos ribeirinhos. No entorno do porto, há barracas de comidas típicas, redes de balanço, artesanatos, além de diversidade de frutas. A melancia é a mais doce do país, sempre aproveito para comer e tomar suco no hotel e restaurantes.

Eu compreendi como inadmissível a sujeira que circunda o local. Não vejo porque não se realizar um projeto de limpeza constante, isso dará mais dignidade ao povo que passa pelo porto e para os que moram em embarcações.

Eu desconheço a utilidade prática do porto. Não sei como se dá a navegação e para onde vão as embarcações locais. Mas na próxima viagem (que será ainda esse semestre), prometo a vocês que vou me informar melhor e dividir as informações com vocês aqui no blog.

1 (1) 3 (1) 5 (1) 6 (1)

É muito interessante ver como famílias inteiras moram nos barcos. Crianças e adultos dividem as embarcações que são além de meio de locomoção, casa, abrigo!

78 9 10 11

Muito bacana esse passeio, né?

4 (1)

Importante conhecermos mais sobre nosso país, né? :-)

Igarapé das Mulheres

Ao lado do porto está o Mercado de Pescado Igarapé das Mulheres!

6 (1)Muitas famílias se dirigem ao mercado para comprar peixes e mariscos.

Mas além disso, há também boa oferta de verduras e frutas, além de condimentos.

Segundo pesquisei (em sites oficiais do Governo), o mercado foi construído com recursos do Governo do Estado.

Extensão

O mercado abrange uma extensão total de 6.750 m², dos quais 3.400 m² compreendem a área de construção do prédio.

Número de trabalhadores beneficiados

O espaço abriga 227 trabalhadores.

Produtos comercializados

Peixe, camarão, caranguejo, frango, carne suína, verduras, açaí, polpas de frutas, entre outros.

Boxes

A construção contém 70 boxes para pescado, 5 boxes para açougue bovino, 14 para polpas de frutas, 44 para verduras, 5 para a comercialização de açaí, 30 para camarão, 9 para caranguejo, 16 açougues suíno, além de 22 diversos e 11 boxes para lanches.

4 3

Pelo que li em algumas matérias, a realização era um pedido dos trabalhadores que comercializavam seus produtos na região.

O mercado trouxe mais conforto e dignidade, com limpeza e higiene para os comerciantes e compradores.

5 6 1

O Marcado fica nas margens do Rio Amazonas, ao lado do porto.

2

Gostaram de nosso passeio? Não deixe de interagir também nas redes sociais!!!

Me encontre nas redes sociais para conversarmos mais sobre política:

 Facebook | FanPage | Twitter | Instagram