Arquivo para Comentário em rádio - Daniele Barreto
14
maio
2015
Áudios: últimos comentários políticos

Oi, gente! Bom dia!

Com já comentei com vocês aqui no Face, estamos com agenda semanal de comentários políticos em programas de rádio (post toda segunda-feira divulgando a agenda da semana) e a partir da semana passada comecei a colocar os áudios dos programas aqui no blog. Como muitos leitores são de cidades diferentes das que faço comentário político(Alagoinhas, Ubatã, Jequié, Guanambi, Feira de Santana, Santo Antônio de Jesus) e nem fica na região, então não consegue sintonizar e ouvir nossos comentários nas rádios. Para que possamos ampliar nossa discussão sobre os temas discutidos nas rádios, vou colocando os áudios aqui no blog, logo após os programas. Ok? Acho que vocês gostaram da ideia, heim? rsrs Sem querer induzir! hahahaha

Na quarta-feira (mais conhecida como ontem), participei do programa Opinião da 93 FM.  

Resumo do que falei na rádio 93FM:

A Câmara dos Deputados se transforma, cada dia mais, num teatro, numa encenação, num circo. Mas agora o circo foi oficializado. E foi oficializado durante depoimentos à CPI da Petrobras. Uma das depoentes foi a doleira Nelma Kodama, que foi indagada sobre os 200 mil euros que foram encontrados em sua calcinha e se seria amante de Youssef. A doleira respondeu as perguntas com chacota e debochando dos parlamentares da CPI. Suspendeu o casaco e mostrou a parte de trás da calça, as nádegas. Em outro momento, cantarolou “Amada Amante”. O mais deprimente não é a Nelma fazer chacota dos parlamentares, da Justiça e de cada um de nós, cidadãos. O que mais me choca é o que deputados presentes tiveram um comportamento semelhante ao dela. Quando ela cantarolou a música, ela fez sinal com as mãos como se convocasse os presentes a cantar com ela. E eles a obedeceram. Vários parlamentares cantaram junto com a doleira, enquanto ela os regia como um maestro numa orquestra. Outros, possivelmente por desconhecer a letra da canção, não cantaram, mas riram muito. E o circo da CPI da Petrobras se consolidava. A CPI conduziu os trabalhos em um tom cordial, de amizade, de camaradagem. Os parlamentares interrogados e os deputados da CPI se trataram como velhos amigos, com um tom de cumplicidade que é desrespeitoso com os cidadãos desse país. A uma CPI que não se respeita, nada mais justo que uma depoente que a respeita menos ainda.

  • 13/05 – 18h – rádio 93 FM – programa Opinião

Ouça também nossos últimos comentários da semana passada:

Resumo do que falei nas rádios abaixo:

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados aprovou uma PEC que visa reduz o número de ministérios. O autor do projeto é o deputado federal Eduardo Cunha, que também é presidente da Casa e vem trazendo muitos problemas à presidente Dilma. Hoje nós temos 38 ministérios, e pela proposta de Eduardo Cunha o número de ministérios cairia para 20. A ideia parece legalzinha, né? Mas é puro populismo barato. É óbvio que nós, cidadãos, queremos uma máquina administrativa mais enxuta. E seria importante a diminuição de ministérios para diminuir o número de cargos, diminuir a corrupção (pois cada ministério é uma fonte de desvio de recursos). Mas a gente não pode ser ingênuo de imaginar que essa é a intenção do PMDB, que finge não ocupar ministérios e dominar um sem fim de cargos de primeiro e segundo escalão. Pode até parecer contraditório que um partido que possui tantos ministérios queira diminuir a quantidade deles, né? Mas, não é uma atitude contraditória não. Na verdade é uma atitude demagógica e oportunista. Os ministérios são os feudos dos aliados. Muitos desses “reclamosos” em relação a Dilma, indicam superintendentes regionais e estaduais de órgãos, ministérios, autarquias, em seus estados. A fúria e a gula peemebistas só serão saciadas com mais e mais cargos, com mais e mais mídia, com mais e mais dinheiro público.

  • 07/05 – 6h30 – rádio 93 FM de Jequié – programa Jequié Urgente
  • 07/05 – 7h – rádio Povo de Jequié – programa Primeira Página
  • 07/05 – 7h – rádio Povo de Ubatã – programa Primeira Página
  • 07/05 – 12h10 – rádio Clube AM – programa Cidade Alerta

Espero que estejam gostando da novidade!

Me encontre nas redes sociais para conversarmos mais sobre política:

 Facebook | FanPage | Twitter | Instagram


07
maio
2015
Áudios: comentários políticos da semana (quinta-feira)

Oi, gente! Bom dia!

Hoje o dia começou cedinho, cedinho. Na verdade quase não preguei o olho essa noite. Adentrei a madrugada gravando três vídeos novos para nosso canal do Youtube sobre: PEC da demarcação de terras indígenas; PEC da redução dos ministérios e comparação dos cenários políticos das manifestações de 2013 e 2015 (por falar nisso, que panelaço terça-feira, heim? não se falou em outra coisa no Facebook ontem). Vídeos gravados, fui dormir já mais de 3h da manhã, e às 6h30 tive o primeiro comentário político de hoje, em uma rádio no interior da Bahia. Mas tem cansaço não, porque amo falar de política com vocês e o feedback me anima muito! #educaçãopolítica #cidadania

Ah, não esqueçam que participo semanalmente de vários programas de rádio – fazendo comentários políticos – e coloco um post toda segunda-feira divulgando a agenda da semana.

Na manhã de hoje, participei de 4 programas de rádios, em todos, falei sobre a PEC da redução dos ministérios.

Resumo do que falei:

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados aprovou uma PEC que visa reduz o número de ministérios. O autor do projeto é o deputado federal Eduardo Cunha, que também é presidente da Casa e vem trazendo muitos problemas à presidente Dilma. Hoje nós temos 38 ministérios, e pela proposta de Eduardo Cunha o número de ministérios cairia para 20. A ideia parece legalzinha, né? Mas é puro populismo barato. É óbvio que nós, cidadãos, queremos uma máquina administrativa mais enxuta. E seria importante a diminuição de ministérios para diminuir o número de cargos, diminuir a corrupção (pois cada ministério é uma fonte de desvio de recursos). Mas a gente não pode ser ingênuo de imaginar que essa é a intenção do PMDB, que finge não ocupar ministérios e dominar um sem fim de cargos de primeiro e segundo escalão. Pode até parecer contraditório que um partido que possui tantos ministérios queira diminuir a quantidade deles, né? Mas, não é uma atitude contraditória não. Na verdade é uma atitude demagógica e oportunista. Os ministérios são os feudos dos aliados. Muitos desses “reclamosos” em relação a Dilma, indicam superintendentes regionais e estaduais de órgãos, ministérios, autarquias, em seus estados. A fúria e a gula peemebistas só serão saciadas com mais e mais cargos, com mais e mais mídia, com mais e mais dinheiro público.

Áudios:

Os áudios estão abaixo para quem não conseguiu sintonizar no horário:

  • 6h30 – rádio 93 FM de Jequié – programa Jequié Urgente
  • 7h – rádio Povo de Jequié – programa Primeira Página
  • 7h – rádio Povo de Ubatã – programa Primeira Página
  • 12h10 – rádio Clube AM – programa Cidade Alerta

Espero que estejam gostando da novidade!

Me encontre nas redes sociais para conversarmos mais sobre política:

 Facebook | FanPage | Twitter | Instagram