Arquivo para Colaborador do blog - Daniele Barreto
15
julho
2015
Colaboração para o blog sobre Redução da Maioridade Penal – Texto de Igor Abraão

Olá, pessoal, bom dia!

Como primeiro texto de hoje, trago o artigo que recebi do jovem Igor Abraão para refletirmos mais sobre a redução da maioridade penal. segue:

Cuidado, Classe Média!

Às vezes, tomados pelo ódio ou influenciados demais pela mídia fala-se coisas sem pensar. Natural!

A TV, a revista comprada, a boca elitizada reproduzem a mesma voz: “redução da maioridade para redução da violência”… A grande mídia alardeia a falsa imagem de que o índice de crimes cometidos por jovens têm aumentado nos últimos anos, a fim de justificar uma possível reforma do Código Penal. Não creiam nisso, muito menos que os políticos super interessados na redução estão mesmo preocupados com o fim da criminalidade. Balela! Muito enganado está quem acredita nisso!

A falta de responsabilidade pública cometida pelo Estado com os jovens brasileiros é uma atrocidade. Menos de 2% dos crimes hediondos são cometidos por menores de 18 anos. Reduzir a maioridade e aglomerar jovens nos presídios é entregá-los de vez ao crime e não ter nenhum tipo de responsabilidade social sobre a vida desses jovens! Presídios sucateados, com condições subumanas, comandados por facções criminosas, essa é a realidade do nosso sistema carcerário! Penitenciárias que funcionariam como verdadeiras “faculdades do crime” para os jovens brasileiros. 

Ressaltando que o país tem a terceira maior população carcerária do mundo.

Dados: 70% de reincidência dos presos em penitenciárias,

20% de reincidência no sistema socioeducativo.

Outro grande equívoco muito comumente praticado é apegar-se à ideia de que o menor infrator sai impune no processo penal. No Brasil, a responsabilidade penal é de 12 anos, em que esse jovem será responsabilizado pela infração nos sistemas socioeducativos aptos a ressocializá-lo. Essa falsa ideia de impunidade é mais uma mentira disseminada pelos beneficiados com a redução da maioridade penal e pelos fanáticos e alienados nesse processo.

Alguns dos políticos brasileiros encontram-se envolvidos com o financiamento de tráfico de armas, de drogas, envolvidos com milícias e até mesmo em trabalho escravo, mas é muito mais fácil culpabilizar o jovem pela criminalidade no Brasil! É muito mais fácil, inclusive, apreender e amordaçar esse jovem do que se responsabilizar pelos direitos que o Estado amputou durante anos na sua vida!

Quais próximos passos para servir cada vez mais a essa justiça elitista? Redução da maioridade para 14 anos? Privatização das penitenciárias? Pena de morte?

É necessário, portanto, atingir a raiz do problema, não atuar com medidas paliativas que buscam apenas o acomodamento da burguesia em detrimento do negro pobre marginalizado!

#ReduçãoNãoÉASolução

Me encontre nas redes sociais para conversarmos mais sobre política:

 Facebook | FanPage | Twitter | Instagram