Arquivo para Bahia - Daniele Barreto
09
fevereiro
2015
Gestores públicos precisam se tratar de forma respeitosa (declarações e nota sobre violência na Bahia)

Boa tarde, pessoal!!!

Hoje mais cedo estava lendo sobre a ação da Polícia Militar nos últimos dias em Salvador e me deparei com essa matéria abaixo, do Correio da Bahia, que resolvi comentar para vocês. (lembrei que a matéria está em itálico negrito e os comentários em azul, como sempre fazemos nos posts “Comentando a matéria” ;-) )

SSP-SP diz que declaração de Rui Costa sobre violência reflete “ignorância” e “grosseria”

Secretaria de Segurança de São Paulo diz que Rui Costa “desconhece os índices de criminalidade de seu próprio Estado. Quatro vezes pior do que em São Paulo”

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo divulgou nota nesta sexta-feira (6) em que rebate o comentário feito pelo governador da Bahia Rui Costa sobre a morte de 12 pessoas em uma operação da polícia no Cabula. A SSP paulista disse que a declaração de Rui Costa reflete “ignorância” e “grosseria”.

“Lamento a extrema ignorância e grosseria das declarações do Governador Rui Costa. Ignorância porque desconhece os índices de criminalidade de seu próprio Estado que estão entre os piores do Brasil. 36,1 homicídios por 100 mil habitantes. Quatro vezes pior do que em São Paulo. E extremamente grosseiro porque suas débeis declarações desrespeitaram o carinho que os paulistas têm pelos baianos e a importância que o turismo tem para a Bahia”, diz a nota.

Êta zorra!!!

Após Rui Costa dizer que a violência não assusta os turistas paulistas que vêm pra Bahia porque também há violência em São Paulo, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo emitiu nota: “Lamento a extrema ignorância e grosseria das declarações do Governador Rui Costa. Ignorância porque desconhece os índices de criminalidade de seu próprio Estado que estão entre os piores do Brasil. 36,1 homicídios por 100 mil habitantes. E extremamente grosseiro porque suas débeis declarações desrespeitaram o carinho que os paulistas têm pelos baianos e a importância que o turismo tem para a Bahia”.

Vejam bem, eu não vou discutir o conteúdo, porque não tenho dados oficiais dos estados para comprar, e tb acho que Rui poderia ter dado outra resposta que não justificar a violência comparando com a de outro estado, mas o certo é que a nota foi extremamente desrespeitosa com o governador. Caberia dizer a mesa coisa sem expressões esdrúxulas como “extrema ignorância e grosseria” e “débeis declarações”. Não se pode admitir isso do gestor de um órgão público (Secretário de Segurança de SP) se dirigindo a um Governador!

A polêmica surgiu após Rui Costa ser perguntado se a violência da operação não assustaria os turistas que chegam para o Verão no estado. O governador da Bahia ironizou dizendo que não haveria problema, já que também há violência em São Paulo. “Os turistas vem de São Paulo. Se tem um estado onde tem um recorde de número de caixa bancários arrombados é em São Paulo, que é líder nacional nesse tipo de crime. Não é por isso que o carioca, o paulista, o mineiro deixará de vir”, disse Rui. Os suspeitos mortos na ação iriam praticar assaltos a bancos, acredita a polícia.

Artilheiro diante do gol
O governador Rui Costa também comentou sobre a ação da Polícia Militar durante um confronto na Estrada das Barreiras, no bairro do Cabula, na madrugada desta sexta-feira (6), que terminou com doze mortos e três feridos. “A PM que eu imagino e quero construir no estado é uma PM que respeite o cidadão e atue sempre dentro da legalidade. A polícia, assim como manda a Constituição e a lei, tem que definir a cada momento e nem sempre é fácil fazer isso”, afirmou. 

Segundo Rui Costa é preciso, em poucos segundos, “ter a frieza e a calma necessárias para tomar a decisão certa”. “É como um artilheiro em frente ao gol que tenta decidir, em alguns segundos, como é que ele vai botar a bola dentro do gol, pra fazer o gol”, comparou. “Depois que a jogada termina, se foi um golaço, todos os torcedores da arquibancada irão bater palmas e a cena vai ser repetida várias vezes na televisão. Se o gol for perdido, o artilheiro vai ser condenado, porque se tivesse chutado daquele jeito ou jogado daquele outro, a bola teria entrado”, continuou.

A declaração foi feita na manhã desta sexta-feira (6), durante a coletiva de apresentação da Operação Paz e Folia, promovida pela Secretaria de Segurança Pública durante o carnaval da Bahia. Ainda de acordo com o governador, nenhum PM da Rondesp envolvido na ação da madrugada será afastado, já que não há “indícios que teve atuação fora da lei nesse caso”. “Nós defendemos, assim como um bom artilheiro, acertar mais do que errar. E vocês terão sempre um governador disposto a não medir esforços, a defender desde o praça ao oficial, a todos que agirem com a energia necessária, mas dentro da lei”, finalizou Rui Costa, que foi aplaudido por dezenas de policiais presentes na cerimônia.

É lamentável que o país tenha chegado a esse estado de violência (ainda mais assustador na Bahia). Temos que exigir políticas públicas que de fato contenham essa situação, pois matar 15 ou 30 suspeitos/bandidos não vai resolver nada. Não faz diferença do ponto de vista da segurança pública ou diminuição da criminalidade. É uma falsa ilusão (comprada por alguns cidadãos). Só gera na população a sensação de que algo está sendo feito ou de que estão tomando uma providência… A verdade é que não estão! Criminalidade se combate com políticas de segurança e políticas sociais sérias, fortalecendo os órgãos de inteligência, com Poder Judiciário atuante, com Ministério Público mais presente, com menos hipocrisia, encarando o fato de que quem manda no tráfico tem poder sobre a política e não mora em favela.

Assista ao vídeo com o pronunciamento do Governador:

Aguardo vocês nas redes sociais!!!

Me encontre nas redes sociais para conversarmos mais sobre política:

 Facebook | FanPage | Twitter | Instagram


01
julho
2013
Parabéns, Alagoinhas!

Olá, amigos! Amanhã, 02 de julho, minha cidade Alagoinhas comemora 160 anos de emancipação política! Deixo meu carinho a todos e a certeza de que há muito a construir para termos um município a altura do seu povo honrado, digno e trabalhador!

Aproveito para agradecer (novamente) ao Jornal Gazeta dos Municípios por me incluir na homenagem a alguns dos filhos dessa terra! Obrigada!!! <3

Se tem algo do qual me orgulho muito é em ter colaborado com minha cidade, ainda que menos do que eu gostaria, como professora universitária, procuradora da Câmara Municipal e Procuradora Geral do Município – sempre guiando minha conduta pela vontade popular e probidade! (leia mais…)


13
junho
2013
Série “A Juventude Politizada”

Olá, amigos do blog, tudo bem?

Olha, hoje resolvi colocar alguns posts especiais: as entrevistas realizadas na série “A Juventude Politizada” da coluna “Política à Flor da Pele”. Para quem me conhece a menos de um ano, vou explicar… Há mais de um ano atrás, a coluna “Política à Flor da Pele” publicou uma série especial com entrevistas a jovens que fazem a diferença na política. Intitulada “A Juventude Politizada” (título auto-explicativo hahaha), a série abordava a história e militância de jovens baianos que se dedicam à política de forma competente, séria e profissional – especializando-se e buscando sempre levar adiante as suas causas. Para mim foi uma grande satisfação e aprendizado entrevistá-los e aprender um pouco mais! E esta felicidade se renova em ver que eles continuam na vida política, se destacando cada vez mais. Essa série foi ao ar em meados de dezembro de 2011 e fevereiro de 2012. Na época eu ainda não tinha blog e não postei as entrevistas aqui! O que venho fazer agora, especialmente por se tratar de informações atemporais e exemplos de vida que devemos sempre seguir.

Os entrevistados foram: Gabriel Oliveira (PT), Tiago Assis (PSDB), Bruno Alves (DEM), Nestor Neto (PMDB) e Nelsinho Fontes (PP). E as entrevistas você confere agora, nos posts que coloquei no blog:

Clique no link para ler a entrevista:

http://danielebarreto.com.br/2013/06/13/2411/

Clique no link para ler a entrevista:

http://danielebarreto.com.br/2013/06/13/relembre-a-serie-a-juventude-politizada-entrevista-com-bruno-alves/

Clique no link para ler a entrevista:

http://danielebarreto.com.br/2013/06/13/relembre-a-serie-a-juventude-politizada-entrevista-com-nestor-neto/

Clique no link para ver a entrevista:

http://danielebarreto.com.br/2013/06/13/relembre-a-serie-a-juventude-politizada-entrevista-com-nelsinho-fontes/

 Clique no link para ler a entrevista:

http://danielebarreto.com.br/2013/06/13/relembre-a-serie-a-juventude-politizada-entrevista-com-tiago-assis/

Espero que vcs gostem das entrevistas e que seja um estímulo aos que curtem política!

Debata política conosco no Facebook: https://www.facebook.com/daniele.barreto.7 e na Fan Page: https://www.facebook.com/pages/Blog-Daniele-Barreto/391459007585501. Adicione também no Twitter para conversarmos mais sobre as notícias políticas do dia: https://twitter.com/DanyBarretto.

Beijos, Dani.


13
junho
2013
Relembre a série “A Juventude Politizada”: entrevista com Gabriel Oliveira

Olá, amigos, bom dia!

Você conhece a coluna “Política à Flor da Pele”? Em 2011 e 2012, publiquei – nos veículos parceiros da coluna – a série “A Juventude Politizada” e hoje venho relembrar as entrevistas com os jovens que militam por causas nobres e engrandecem a política baiana. Aos que gostam de política, com certeza, os depoimentos desses jovens são uma grande inspiração. [pula] Nosso primeiro post é sobre Gabriel Oliveira!

Gabriel Oliveira – Um jovem militante petista
No cenário, incomum para alguém com menos de um ano de vida, predomina a cor vermelha.

Novembro de 2011, o pequeno garoto Omin, no colo da mãe, sorri para as fotos e rouba as atenções! No cenário, incomum para alguém com menos de um ano de vida, predomina a cor vermelha. Omin – por certo mais habituado ao debate político (pelo menos a ouvi-lo) do que muitas pessoas que ostentam décadas a mais – participa de seu primeiro evento partidário: o Congresso da Nova Tendência da Esquerda do PT, na Bahia.

Lutar por um mundo melhor para o seu Omin é (mais) uma mola propulsora para a militância política e social do pai… Omin é filho de Gabriel Oliveira. E a popularidade dos dois no PT não é fruto do acaso: a do primeiro deve-se a sua simpatia e sorriso fácil; a do segundo, a sua trajetória no Centro Acadêmico, DCE da UFBA e militância político-partidária. Gabriel, 27 anos, é filiado ao Partido dos Trabalhadores, ex-Secretário da Juventude do PT/BA e atua na Coordenação de Políticas de Juventude do Governo do Estado da Bahia.

Gabriel é o entrevistado que inaugura a série “A Juventude Politizada!”, da coluna “Política à Flor da Pele”. (leia mais…)


13
junho
2013
Relembre a série “A Juventude Politizada”: entrevista com Bruno Alves

Olá, amigos, bom dia!

Você conhece a coluna “Política à Flor da Pele”? Em 2011 e 2012, publiquei – nos veículos parceiros da coluna – a série “A Juventude Politizada” e hoje venho relembrar as entrevistas com os jovens que militam por causas nobres e engrandecem a política baiana. Aos que gostam de política, com certeza, os depoimentos desses jovens são uma grande inspiração. [pula] Nosso entrevistado é sobre Bruno Alves!

Bruno Alves – um jovem militante do Democratas

Dia 12 de agosto de 2011, o Jornal Folha de São Paulo publica, na disputada coluna “Poder”, a foto de um jovem negro sob o título “A esquerda não é dona da periferia, diz garoto-propaganda do DEM”. A frase foi destacada das inserções do Partido Democratas, veiculadas na televisão. Na foto da Folha de São Paulo, o garoto está ao lado da família, em uma casa de um bairro popular de Salvador. No vídeo, que teve milhares de acessos no Youtube, a estrela do filme fala com naturalidade, caminha à vontade e informa: “Só porque sou jovem e moro na periferia, alguns políticos pensam que eu tenho que ser de esquerda”! 
 
Ao contrário do que muitos acharam, a campanha não era estrelada por um ator. O protagonista é Bruno Alves: protagonista da propaganda do DEM e protagonista das mudanças que quer ver na sociedade… Bruno é filiado ao Partido Democratas e não precisa que demagogos expliquem o que é trabalhar desde o final da infância, lutar para vencer obstáculos e viver num bairro da periferia de um dos Estados mais violentos do país. Essa é uma realidade que ele conhece de perto, em seus 27 anos vivenciando o bairro do Pau Miúdo e o Pelourinho – por onde caminha com seu tio Clarindo Silva, conhecido como “síndico do Pelourinho”, tamanha a devoção e zelo pelo patrimônio histórico e cultural! 
 
Bruno é o segundo entrevistado da série “A Juventude Politizada!”, da coluna “Política à Flor da Pele”.  (leia mais…)


13
junho
2013
Relembre a série “A Juventude Politizada”: entrevista com Nestor Neto

Olá, amigos, bom dia!

Você conhece a coluna “Política à Flor da Pele”? Em 2011 e 2012, publiquei – nos veículos parceiros da coluna – a série “A Juventude Politizada” e hoje venho relembrar as entrevistas com os jovens que militam por causas nobres e engrandecem a política baiana. Aos que gostam de política, com certeza, os depoimentos desses jovens são uma grande inspiração. [pula] Nosso entrevistado é sobre Nestor Neto!

Nestor Neto: um jovem militante peemedebista

Quem vê um jovem aguerrido palestrando sobre Política para dezenas de crianças e adolescentes em uma escola no município de Salvador possivelmente estranhará a foto tirada em novembro de 2011, em Brasília, ao lado do vice-presidente da República Michel Temer. A imagem do paulista que trilha carreira pública desde 1983 – e que já se viu envolvido na Operação Castelo de Areia e na Operação Caixa de Pandora, ambas da Polícia Federal – contrasta com o rapaz idealista que costuma em sua militância ou nas redes sociais instigar a todos que não percam a capacidade de indignação frente ao comportamento reprovável de alguns políticos e que cobrem soluções para os problemas sociais que afligem o povo brasileiro.  
 
O militante peemedebista que ladeia Temer é Nestor Neto. Filiado ao Partido do Movimento Democrático do Brasil, Nestor mora na Mata Escura – populoso bairro de Salvador, cujos cem mil habitantes possuem diversos problemas urbanos relacionados ao transporte público, limpeza pública e esgotamento sanitário. O bairro também abriga a Penitenciária Lemos de Brito, maior do Estado. O local simboliza o ecletismo religioso de Salvador, com muitas igrejas evangélicas, católica e um tradicional terreiro de candomblé; mas carece de praças e áreas públicas de lazer – assim como de segurança, não se diferenciando, nesse aspecto, de nenhum outro bairro da capital baiana.  
 
Nestor Neto é o terceiro entrevistado da série “A Juventude Politizada!”, da coluna “Política à Flor da Pele”(leia mais…)


13
junho
2013
Relembre a série “A Juventude Politizada”: entrevista com Nelsinho Fontes

Olá, amigos, bom dia!

Você conhece a coluna “Política à Flor da Pele”? Em 2011 e 2012, publiquei – nos veículos parceiros da coluna – a série “A Juventude Politizada” e hoje venho relembrar as entrevistas com os jovens que militam por causas nobres e engrandecem a política baiana. Aos que gostam de política, com certeza, os depoimentos desses jovens são uma grande inspiração. [pula] Nosso entrevistado é sobre Nelsinho Fontes!

Nelsinho Fontes: um jovem militante pepista

Para definir o entrevistado de hoje com apenas uma palavra, eu uso a baianíssima expressão: “retado”. Por se tratar de um vocábulo com vários significados, já explicito a minha intenção: “resolvido”, “decidido”, “agitado”.

O militante pepista é a mais fiel representação dessas acepções da palavra que permeia os diálogos nas ruas das cidades da Bahia. Aguerrido defensor do seu partido – mesmo quando o prefeito de Salvador, líder do Partido Progressista na Bahia, tem altíssimos índices de rejeição – esse jovem é um dos mais conhecidos representantes do Subúrbio de Salvador.

 E não é pra menos! Desde a manutenção de um site que revela as belezas naturais, cultura, entretenimento e gastronomia de alguns soteropolitanos bairros populares, passando pela intensa militância política, Nelsinho (como é carinhosamente chamado, inclusive no meio político) é “só realizações”. Ele congrega – em torno de ideias que valorizam a dignidade de uma população que apenas é lembrada pela grande mídia nos noticiários policiais – artistas famosos, políticos de diversas legendas, apresentadores de televisão, badalados cantores, aguerridos líderes comunitários…

 E a agenda de Nelsinho é intensa: o pepista não perde uma só reunião que objetive exigir melhorias para o Subúrbio, comparece às manifestações e negociações com líderes locais, e ainda apresenta o webprograma “Conexão Subúrbio”; que você pode assistir acessando o site http://suburbionews.com.br/2011/index.php… Assistir DEPOIS de ler nossa entrevista, claro… (rs)

Nelson é o quinto entrevistado da série “A Juventude Politizada”, da coluna “Política à Flor da Pele”. (leia mais…)


13
junho
2013
Relembre a série “A Juventude Politizada”: entrevista com Tiago Assis

Olá, amigos, bom dia!

Você conhece a coluna “Política à Flor da Pele”? Em 2011 e 2012, publiquei – nos veículos parceiros da coluna – a série “A Juventude Politizada” e hoje venho relembrar as entrevistas com os jovens que militam por causas nobres e engrandecem a política baiana. Aos que gostam de política, com certeza, os depoimentos desses jovens são uma grande inspiração. [pula] Nosso entrevistado é sobre Tiago Assis!

Tiago Assis – um jovem militante tucano

Ele tem a política no sangue, mas relutou em se render à vocação. Estudioso, extremamente dedicado à leitura e

inicialmente resistente à trajetória política – embora filho de ex-prefeito de cidade no interior da Bahia – nosso entrevistado de hoje optou por uma consistente formação acadêmica.

Graduado em Direito, pós-graduado em Direito do Estado e professor universitário, o jovem militante tucano fala com desenvoltura sobre políticas públicas, filosofia, ciência política, humanidades… Aguerrido defensor da social democracia, o baiano Tiago Assis faz do conhecimento técnico um instrumento na elaboração e implementação de um projeto político norteado por nobres causas.

Tiago é o quarto entrevistado da série “A Juventude Politizada!”, da coluna “Política à Flor da Pele”.

Daniele Barreto, “Política À Flor da Pele”: O que faz Tiago Assis, além da militância partidária?

Tiago Assis – PSDB: Sou advogado, graduado em Direito pela Universidade Católica do Salvador, pós-graduado em Direito do Estado, pela Universidade Federal da Bahia. Gosto de realizar leituras sobre filosofia, política, psicologia, lingüística… Adquiri a paixão pela leitura em função do incentivo do meu pai, que é médico e sempre gostou de literatura, cinema, arte. (leia mais…)


26
abril
2013
Ajude as vítimas da seca na Bahia: Projeto 1KG de Amor
Bom dia, amigos do blog,
Há algum tempo manifestamos, quase que diariamente, a preocupação com a situação dos sertanejos vítimas da seca e inoperância dos governos no Nordeste. E esta semana surgiu uma oportunidade de – mais do que cobrar dos políticos – fazermos a nossa parte para ajudar os irmãos que vivem essa situação: é o projeto 1KG de Amor ( que tomei conhecimento através da Camila dos Anjos – amiga do Facebook).
O projeto consiste em arrecadar alimentos não perecíveis, incluindo água, leite em pó e charque e doar para algumas cidades, das muitas, que estão sofrendo com a seca na Bahia e no Nordeste.  (leia mais…)